Porto Velho (RO)20 de Julho de 202414:33:16
EDIÇÃO IMPRESSA
RONDÔNIA

Nova obra de construção no Cemetron vai ampliar leitos de UTI, em Porto Velho

Obras de expansão incluirão 10 leitos de UTI, nova central de material esterilizado e almoxarifado central, totalizando uma área de 2.658,85 m².


Imagem de Capa

Foto: Reprodução

PUBLICIDADE

O Governo de Rondônia iniciou a ampliação do Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron), localizado na capital Porto Velho. O projeto prevê a construção de uma área para 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), uma central de material esterilizado (CME) e um novo almoxarifado central, ocupando uma área de 2.658,85 m².

A nova infraestrutura está voltada ao atendimento de pacientes com patologias como tuberculose, HIV/AIDS, leishmaniose, malária, leptospirose, acidentes por animais peçonhentos e dengue, entre outras.

A construção será conduzida pelo Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (Unops), organismo da ONU especializado em infraestrutura, em cooperação com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Além das áreas assistenciais, o projeto contempla um novo centro administrativo com um auditório para 100 pessoas, destinado a modernizar a gestão e liberar espaço para futuras expansões assistenciais. Também será construída uma central de utilidades, que abrigará geradores, subestação de energia e gases medicinais, garantindo a autonomia de operação das novas instalações sem sobrecarregar a estrutura atual do Cemetron.

Segundo o governador de Rondônia, Marcos Rocha, as obras são um avanço significativo para a saúde no estado. "O Cemetron foi inaugurado em 1989 e recentemente passou por uma reforma. Agora, com esta ampliação, estamos avançando para o bem do nosso povo", afirmou.

O secretário de Estado da Saúde, Jefferson Rocha, destacou a importância da unidade. "O Cemetron é referência no tratamento de doenças infectocontagiosas e tropicais para pacientes de todas as regiões de Rondônia. A nova obra vai melhorar ainda mais o atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde."

O investimento total é de R$ 15.689.945,60, com previsão de início das obras em julho e prazo de execução de oito meses.









Portal SGC

Últimas notícias de RONDÔNIA